4lm4

setembro 30, 2018

    

50u(l) n394c40

d3 7ud0 4qu1l0

qu3 n40 50u(l)

Anúncios

848y

setembro 30, 2018

 

  

pr3c154r31 1r p4r4 0 35p4c0

r3c4rr394r 45 m1nh45 8473r145

848y

0 pl4n374 53c0 d45 1d3145

0nd3 c0nfund3m 80n5415

c0m 4qu3l35 d0 m4l

848y

n4d4 m415 f42 53n71d0

3xc370 0 r3l0910

7ud0 91r4 4n71-h0r4r10

848y

4qu1 n0 50l 4 3n3r914 3 pl3n4

3 05 v3n705 3l37r0m49n371c05 3573r1l124m

848y

4 d0r n40 h48174

v424d4 n45 841×45 3n3r9145

d4 73rr4

848y

3n73nd4 qu3 n40

nunc4 f01 41 0 qu3 v0c3 p3n50u

848y

3 nunc4 53r4

7r4n5c3nd3nc14 3×193 l1vr4r-53

d4 d0r

848y

54l70 qu4n71c0 d3 4m0r

   

Sob um equilíbrio instável

setembro 17, 2018

    

É praticamente consenso,

nesse nosso tempo,

que o comunismo é uma utopia.

E estamos próximos do dia

em que a democracia

será considerada, também,

um ideal inatingível,

nessa nossa Terra.

O verdadeiro comunismo,

e a verdadeira democracia,

só no fim:

Todos vamos morrer, um dia!

   

Sem nome

setembro 14, 2018

   

lu2 3 50m8r45

4 v1d4 h48174 05 m34ndr05

pul54, v18r4 1n73n54

n05 1n73r571c105

n05 35p4c05 m1n1m05

d0nd3 8r074m 45 1d3145

0x4l4, m3u p41

um d14 4 93n73 p3rc384!

   

4n07h3r 8r1ck 1n 7h3 w4ll

setembro 9, 2018

 

INTRODUÇÃO

   

Sempre tive curiosidade em entender o mecanismo por detrás das redes sociais, como por exemplo o Facebook. Este interesse está especialmente ligado a real capacidade para a divulgação de ideias, sob o ponto de vista de quem as divulga; também a atenção na leitura e a capacidade de entendimento, da parte de quem recebe a informação.

   

Para isso, tive de bolar um procedimento simples, mas que me permitisse extrair resultados conclusivos; isto é, valendo-se de uma metodologia científica. Este procedimento, ou experimento, deve ser, necessariamente, um estímulo neutro, o que significa que não deve atrair a atenção do leitor, através do mecanismo de recompensa da resposta, devendo ser tão imparcial quanto possível.

   

O melhor que eu pude conceber foi o que chamei de Experimento Animal Mineral Vegetal, uma simples postagem, tão neutra quanto possível, onde é pedido unicamente que a pessoa se manifeste no comentário, descrevendo o nome de uma espécie dentre essas categorias. Dessa forma, imagino que ninguém é impelido a participar almejando uma recompensa, sendo motivado unicamente pela leitura, solidariedade e empatia.

   

EXPERIMENTO ANIMAL MINERAL VEGETAL

   

Postagem publicada no Facebook no dia 09 de setembro de 2018 às 22h55m:

   

“Estou desenvolvendo um experimento científico sobre redes sociais, atenção e divulgação de ideias. Não posso revelar além do que será descrito abaixo para não descaracterizar o experimento.

   

Se você puder participar, peço que, por favor, escreva o nome de um animal, de um mineral ou de um vegetal no campo de comentário. Apenas um nome por pessoa, podendo ser simples ou composto, de vegetal, mineral ou animal. Não se preocupe se o nome que você escolheu já foi escrito por outra pessoa. Pode haver repetição. Você tem total liberdade de escolha.

   

Peço também que você, por favor, não clique nos botões de curtir esta postagem ou qualquer um dos nomes nos comentários. Obrigado pela sua atenção e participação.”

   

RESULTADO

   

Comentários e curtidas em ordem cronológica dos eventos:

   

1 Gerbil (animal)

2 Fuinha (animal)

3 Capivara (animal)

4 Gabirú (animal)

5 Cajueiro (vegetal)

6 Cachorro (animal)

Total de Curtidas = 1 (outro) – 9h de experimento

7 Cipreste (vegetal)

8 Cavalo (animal)

9 Opala (mineral)

10 Liz (vegetal)

11 Mais um tijolo na parede (mineral)

12 Água (mineral)

13 Couve-romanesco (vegetal)

14 Lontra (animal)

15 Ipê (vegetal)

16 Hiena (animal)

17 Beterraba (vegetal)

18 Gato (animal)

Total de Curtidas = 4 (outro) – 15h de experimento

19 Coelho (animal)

20 Turmalina (mineral)

21 Cachorro do mato (animal)

22 Tubarão (animal)

Total de Curtidas = 4 (outro) – 18h de experimento

23 Jandáia (animal)

24 Bolsonaro (animal)

25 Águia (animal)

26 Cachorro (animal)

27 Nabo (vegetal)

28 Dragão (animal)

29 Alface (vegetal)

Total de Curtidas = 5 (outro) – 24h de experimento

30 Guaxinim (animal)

31 Nióbio (mineral)

32 Abacate (vegetal)

33 Cristal (mineral)

34 Abelha (animal)

35 Homo sapiens (animal)

Total de Curtidas = 5 (outro) – 1dia + 10h de experimento

36 Orquídeas (vegetal)

Total de Curtidas = 6 (outro) – 1dia + 14h de experimento

37 Abóbora (vegetal)

38 Olho de tigre (mineral)

Total de Curtidas = 6 (outro) – 2dias de experimento

Total de Curtidas = 6 (outro) – 2dias + 12h de experimento

Total de Curtidas = 6 (outro) – 2dias + 19h de experimento

Total de Curtidas = 6 (outro) – 3dias de experimento

FIM (critério de parada: 24h ou mais sem evolução)

 

   

CONCLUSÃO

   

A partir da análise dos resultados, observa-se que houveram 44 manifestações; sendo 38 comentários com nomes de animais, minerais ou vegetais (como solicitado pela postagem original) e 6 curtidas (manifestações indevidas).

   

Foi considerado como critério de parada, ou fim do experimento, o intervalo de tempo de 24h sem que houvessem novas manifestações. A duração total do experimento foi, portanto, de 72h (ou 3 dias).

   

Essas 44 manifestações foram, sem dúvida, motivadas pura e simplesmente por solidariedade ou empatia, uma vez que se tratava de um estímulo neutro; isto é, não há nenhuma recompensa em ler o texto de três parágrafos que descreve o experimento e manifestar-se descrevendo o nome de um animal, mineral ou vegetal. As pessoas que o fizeram, responderam espontaneamente, por solidariedade ou empatia.

   

Fica evidente também que 6 dessas 44 pessoas que interagiram sequer leram os três parágrafos, visto que se manifestaram indevidamente, curtindo a postagem. Estava explícito no texto do experimento que não era para fazer isso. Apesar dos propósitos de divulgação da ideia e de atenção não terem sido atingidos no caso dessas 6 curtidas, ainda assim me parece certo que as pessoas se manifestaram por solidariedade ou empatia também nesses casos.

   

Finalmente, o dado mais estarrecedor, certamente é o de que, dentre 1344 contatos no Facebook, apenas 44 pessoas se manifestaram. Isso porque, apesar de se tratar de um estímulo neutro, o texto originalmente postado descrevendo o experimento solicitava o favor de que as pessoas participassem. Esses contatos se omitiram por uma das três razões: (1) não terem tido a oportunidade de ler a postagem; (2) terem sumariamente desconsiderado a postagem; ou (3) não terem se solidarizado com o pedido.

   

Independente disso, fica demonstrado que, ao menos no meu caso, o alcance efetivo de uma postagem no Facebook gira em torno de 3.3% do número total de contatos apenas. Vale para a reflexão antes de perder tempo significativo com a postagem em redes sociais!