palavras_que_devoram_lagrimas

Passei as últimas semanas um tanto casmurro, estudando profundamente certo livro negro, escrito em caixas baixas, de um parágrafo só. Anjos fornicatórios devem mesmo habitar os céus. E que eles me perdoem se cheguei à conclusão equivocada, ferindo suas vaidades. Na lata, na humilde opinião deste leitor “palavras que devoram lágrimas (ou a felicidade cangaceira)” de Roberto Menezes é, de longe, a melhor obra de literatura deste terceiro milênio que tive a oportunidade de apreciar. Sinceramente recomendo-o aos seres humanos.