Não há vagas

maio 16, 2014

nao_ha_vagas_jorge_xerxes

Há uma noção equivocada de que o tempo passa. Quando, em verdade, ele não passa de elemento rítmico a compassar os eventos. Daí os batimentos cardíacos, a inspiração e a expiração. Acrescente-se a estes os ciclos lunares, a rotação da Terra – os dias e as noites – e a translação desta nossa pedra celeste ao redor do Sol. Estes são eventos que fluem. Não é o tempo que escorre, é a vida que passa através dele. Nestes nossos dias não há vagas. O tempo é justo, exato e não há de sobra. Cada criatura é responsável por sua própria história.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: