Light Green!

fevereiro 1, 2013

luisa_geisler_quica

Luisa Geisler nasceu em 1991 em Canoas, RS.

“Fugir e ficar. Ela tinha histórias para contar, sabiam? Todos têm. Todos têm histórias que nunca contam.”

O seu segundo livro – Quiçá, Record, 2012 – é um romance cujo ponto de partida é a mudança de Arthur, 18 anos, da pequena cidade de Distante para a casa de familiares na metrópole de São Patrício.

Arthur vai morar por um ano na casa de Augusto, Lorena, Clarissa (11 anos), e Zazzles (o gato) – para cursar o terceiro colegial.

“Semanas depois, depois da tatuagem de Arthur, choveria a pior tempestade do ano. Mas isso era no futuro. Naquele momento, só chovia e só fazia frio.”

A narrativa contagiante, em linguagem contemporânea e estruturada em três escalas de tempo – 24 horas, 365 dias e toda uma vida – já seria o suficiente para um grande livro.

Mas emocionou-me, sobretudo a sensibilidade e a humanidade com que a escritora desenvolve sua trama.

E é exatamente por esse motivo que recomendo a obra: para uma reflexão sobre os relacionamentos humanos, a família, a amizade e os nossos valores (?).  

Tudo isso embalado ao som da banda de rock progressivo Light Green, shots de vodca e baforadas num cigarro.

“E, como tudo que oferece muito, como tudo que se impõe, São Patrício afastava e atraía os moradores de Distante.”

(Quiçá não tenha sido obra do acaso o Prêmio SESC 2011 na categoria romance).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: